Como o marketing de guerrilha pode ser utilizado em pequenas e médias empresas?

Como o marketing de guerrilha pode ser utilizado em pequenas e médias empresas?

Para divulgar seu novo aparelho de MP3, que poderia ser utilizado em esportes aquáticos, em 2014 a Sony procurou uma agência de marketing e tiveram a ideia de vender o produto dentro de garrafas cheias de água, em uma daquelas máquinas de refrigerante que ficam dentro do Metrô. Quer melhor maneira de chamar a atenção para a novidade e provar que o produto era mesmo resistente? Ações inusitadas como esta ficam na nossa lembrança e criam uma relação afetiva com a marca. Este é o papel do marketing de guerrilha: chamar a atenção, impactar, criar uma memória positiva. Mas não é preciso ser uma empresa milionária para soltar a criatividade e conquistar seus clientes.

Por onde começar?

Ninguém conhece melhor o seu negócio e o seu cliente que você. Construa um planejamento para definir esta “persona”, como é chamado o perfil do seu público-alvo. Tome cuidado também para não descaracterizar a sua marca e utilizar uma linguagem que seu público não reconhecerá.

Busque referências

Para quem não tem experiência pode ser difícil chegar em ideias criativas, então vale uma pesquisa do que outras empresas do mesmo segmento que o seu já fizeram. Neste ponto, contar com uma agência ou consultor de comunicação experiente é o caminho ideal para conseguir os melhores resultados, mas na internet é possível conseguir milhares de referências.

Uma dica: No Instagram, o perfil “Marketing de Guerrilha” traz diversos exemplos deste tipo de ação, com exemplos de empresas milionárias, até outras mais simples. Tem até provocações sadias entre concorrentes. Em clima de amizade e concorrência saudável, pode valer a pena!

Está procurando inspiração e quer sair da mesmice na sua comunicação? Fale com a gente e juntos vamos surpreender seus clientes!